OKR: aplique em seu marketing de conteúdo o jeito Google de definir metas

OKR: aplique em seu marketing de conteúdo o jeito Google de definir metas

Tradicionalmente, a gestão de objetivos segue um modelo padrão, em grande parte das empresas. Os objetivos são traçados por um pequeno e seleto grupo de profissionais e repassados para os demais colaboradores após a meta estar estipulada. O papel dos colaboradores fica restrito a correr atrás da meta, sem entender, deste modo, atrás do quê estão correndo, ou porque estão correndo atrás dessa meta, e não de outra.

Mas você sabe como o Google define seus objetivos? O modelo Google para gestão de metas subverte essa lógica de modo extremamente eficiente! Na empresa norte-americana, os objetivos não segues a ordem de “cima pra baixo”. Lá, todos, colaborativamente, ajudam a estipular objetivos para a empresa.

Parece bagunçado, não é mesmo? Na verdade, é mais simples do que se imagina:

OKRs para gestão de metas

Em sua organização, o Google aplicou uma metodologia utilizada pela primeira vez pela Intel, com algumas décadas de antecedência. Essa metodologia é conhecida hoje como OKRs.

OKR (Objective and Key Results) é uma metodologia de gestão de metas que estipula objetivos para serem alcançados em um período de tempo delimitado. Estes objetivos são condicionados a indicadores-chave de rendimento.

John Doerr, idealizador da metodologia na Intel e também responsável por sua implementação no Google, criou uma regrinha bastante simples para entender como as OKRs funcionam:

Eu vou (objetivo) mensurado por (indicador-chave de rendimento)

Desse modo, a metodologia se baseia em dois elementos básicos: objetivos e indicadores-chave de rendimento.

Resultados

Como resultados da metodologia, pode-se destacar alguns pontos.

  • Engajamento interno: o ponto central das OKRs é gerar engajamento do time, envolvendo os colaboradores no planejamento de metas.
  • Os objetivos da empresa são conhecidos por todos: na metodologia de OKRs, todos na empresa conhecem os objetivos de todos. O estagiário sabe o objetivo do CMO, e o CMO sabe o objetivo do estagiário, um complementando o outro.
  • Metas dinâmicas e lúdicas: com OKRs, as metas são conhecidas por nomes lúdicos, que são gravados com maior facilidade e neutralizam a pressão por resultados.
  • Mensuração a cada trimestre: mensurando e revisando as metas por trimestre, um período nem muito grande, nem muito curto, a empresa tem um controle melhor dos resultados obtidos e pode mudar a estratégia sem comprometer o resultado final.


Como a Google faz?

Rick Klau, sócio da Google Ventures Startup Lab | GV, apresenta de que modo a metodologia é empregada no Google. Ele conta que, ao chegar na empresa, em 2007, não fazia ideia do que pudesse ser uma OKR. Hoje, já participou do processo de OKRs ao menos 24 vezes. Confira na íntegra:

OKRs

  • As OKRs devem ser públicas para toda a empresa;
  • Não precisam estar diretamente relacionadas à avaliação de rendimento;
  • OKRs devem ser definidas e então revisadas a cada trimestre
  • OKRs devem ter o apoio de três bases: liderança, ferramentas e procedimento.

Objetivos

  • Podem, mas não devem, necessariamente, ser mensuráveis. Por exemplo, alguns objetivos, como turbinar o marketing de conteúdo da empresa, não podem ser mensurados com exatidão, suas métricas são mais interpretativas que precisas;
  • No entanto, um objetivo deve estar relacionado a outro, de importância mais abrangente. Por exemplo: aumentar a visibilidade da marca (I) para gerar mais vendas (II);
  • Um colaborador não deve ser envolvido em mais de cinco objetivos;

Indicadores-chave de rendimento:

  • Os indicadores devem ser mensuráveis. Por exemplo, para aumentar a visibilidade da marca, a empresa investirá R$1000,00 em anúncios em redes sociais. Tanto o investimento quanto os indicadores como pessoas alcançadas, curtidas, compartilhamentos, são mensuráveis;
  • Devem ser desafiadores;
  • Estes indicadores, para facilitar a avaliação, devem ganhar notas a cada período estipulado pela empresa. 0.6 – 0.7 é uma boa média, enquanto 0.4 abaixo é uma média baixa, que deve ser melhorada;
  • Cada objetivos deve ter, no máximo, 4 indicadores de rendimento.

Desenhando, é assim que funciona a metodologia:

OKRs


A metodologia foi implantada no Google, inicialmente, em 1999, quando a empresa tinha um pouco mais de um ano no mercado. Na época, o Google contava com apenas 40 colaboradores. Com o método de OKRs, a empresa se tornou uma das empresas mais bem-sucedidas do planeta, e hoje conta com mais de 60 mil colaboradores.

Além do Google, empresas como Flipboard, Yahoo!, LinkedIn, Amazon, Adobe, Netflix, Spotify, Facebook, entre outras, aplicam OKRs à sua gestão de objetivos.

Por que não aplicar no marketing de conteúdo da sua empresa também? É hora de inovar na gestão de metas, buscar métodos novos e disruptivos. OKRs irão acelerar seu crescimento, além de gerar maior engajamento interno e integração.

cta_ebook-model

Veja Também:

O que é Growth Hacking e os seus resultados nos negócios Cada dia se torna mais necessário se manter competitivo no mercado e a melhor saída é buscar um diferencial competitivo para se destacar no meio dos s...
Marketing de Conteúdo para turbinar o seu Endomarketing Digital Com um cenário altamente concorrido na busca de novos talentos, no qual além de tudo há uma grande rotatividade de funcionários, o desafio do gestor d...
Growth Hacking nas Startups: como aplicar a estratégia e acelerar seu crescimento O mercado de startups no Brasil é um dos mais promissores em todo o mundo. Segundo pesquisa realizada pela Escola de Administração de Empresas de São ...
Aceleração de crescimento: entenda tudo sobre Growth Hacking Não é de hoje que o growth hacking vem ganhando espaço nas discussões corporativas. Caso você já esteja familiarizado com o marketing de conteúdo, pro...

Deixe um comentário

Seja o Primeiro a Comentar!

avatar

wpDiscuz