Netflix e os 4 segredos de um marketing de conteúdo de sucesso!

Netflix e os 4 segredos de um marketing de conteúdo de sucesso!

Utilize as lições do marketing de conteúdo da Netflix na sua empresa

Quando a Netflix foi lançada em 1997 (sim, a empresa existe há 20 anos!), era predominantemente um serviço de aluguel de DVD online para cinéfilos. Desde então, o conteúdo da Netflix mudou seu foco para transmissão de programas de TV, filmes e produção de títulos originais.

Hoje a empresa é o maior provedor de mídia de transmissão do mundo, vale US$ 100 bilhões no mercado e tem mais de 110 milhões de assinantes em 190 países.

E você sabia que grande parte do sucesso da Netflix é por conta das estratégias de marketing de conteúdo adotadas pela empresa? Elas vão muito além das respostas bem humoradas e as famosas interações nas redes sociais com outras empresas.

Desvende, nesse post, o marketing de conteúdo da Netflix. Neste texto você vai ver que pode aplicá-lo na sua empresa também!

#1 – Criar conteúdo de qualidade
A equipe de marketing por trás do sucesso da Netflix sabe que, para manter a fidelidade dos assinantes e competir com gigantes da televisão como HBO e Showtime, é necessário oferecer uma qualidade superior e original.

E é isso que diferencia a marca de seus concorrentes. O que começou com a locação de filmes evoluiu para o desenvolvimento de conteúdo original e até local – hoje representando cerca de 40% do acervo disponibilizado.

Com um catálogo para todos os gostos, é investido nos mais diversificados formatos em vídeo. São séries, filmes, documentários, animações, reality shows, talk shows e stand-up comedy.

Esse é o principal marketing de conteúdo realizado pela empresa: o produto próprio é o grande responsável pela captação de leads e conversões. Afinal, todos querem ter acesso às séries que estão gerando buzz na mídia e conversas entre amigos!   

Para apoiar a divulgação dos conteúdos da Netflix a companhia também mantém um blog corporativo e outro voltado à tecnologia utilizada pela empresa, além de colocar em prática todas as ferramentas de inbound marketing como redes sociais e email marketing.

Como utilizar o seu próprio produto ou serviço para gerar curiosidade no mercado consumidor é algo a ser pensado e adotado no seu negócio.

#2 – Relação com o cliente
O foco da Netflix na qualidade e a satisfação do cliente são indiscutivelmente as duas coisas mais importantes que destacam a empresa. Em vez de tratar cada consumidor apenas como um número, o modelo de negócios é projetado para ser envolvente e promover que ele se torne um fã e defensor da marca.

Assim, a empresa dedica-se a entender e fornecer valor para o seu público: compulsivo e deseja consumir conteúdos instantâneos de alta qualidade. A Netflix é capaz de suprir isso.

Pense bem: quando a Netflix aumentar o preço de seus serviços, dificilmente o cliente ficará aborrecido. Ele vê valor no produto ofertado e paga com gosto por ele. O atendimento prestado também é um diferencial: o call center é preparado para todo e qualquer tipo de dúvida e dificuldade, resolvendo-a de maneira simples e cordial. Os scripts automáticos que regem o setor e tanto incomodam parecem não existir e tudo é feito de maneira natural.

Você já parou para pensar em como utilizar os conceitos adotados pela Netflix para melhorar o relacionamento com seu cliente? Aproximar-se ainda mais dele é o segredo para gerar mais negócios.

#3 – Utilizar o máximo de dados
Você pode não saber, mas a Netflix segue de perto cada passo dos seus usuários. A lógica é simples: ao entregar um conteúdo de qualidade, a tendência fidelizar o cliente e ganhar mais mercado. E como fazer isso? Usando da melhor maneira possível os feedbacks de cada um que usa o serviço.

Eles não operam com base em pressupostos, estereótipos ou pesquisas generalizadas, mas com estudo de hábitos de consumo. O primeiro deles foi a estratégia de disponibilizar temporadas inteiras, estimulando as maratonas – os consumidores preferem assim.

Outros costumes mensurados são:

  • Qual dispositivo é utilizado para acessar o conteúdo;
  • Em que dia e horário os episódios são assistidos;
  • Quando se pausa, volta ou adianta uma cena;
  • Os hábitos de rolagem pela tela inicial do serviço;
  • A avaliação do que foi consumido.

Esses são apenas alguns pontos.. Em cada um, são feitos experimentos constantes, testes A/B e mudanças na interface e no design para descobrir o que tem mais efeito.

O maior case de análise sem dúvida foi a criação da série House of Cards. Tudo começou em 2011, ao perceber que os filmes estrelados por Kevin Spacey, os longas do cineasta David Fincher e uma minissérie dos anos 90 sobre política eram muito populares.

Juntou-se tudo e o drama político produzido por Fincher traz Spacey no papel principal, adaptando o roteiro da minissérie britânica.  

Isso só foi possível com a ajuda da Tecnologia que, para a Netflix, é um dos pilares do sucesso. E na sua empresa, como você usa a análise de dados a favor do seu negócio?

#4 – Marketing de conteúdo estratégico – parceria com outras empresas
O marketing de conteúdo não é nada se você realmente não comercializar o conteúdo. A Netflix é profissional em publicidade nativa, contando com tecnologia e parceiros de peso como o Wired e New York Times, que criam artigos que se encaixam com determinados anúncios de conteúdo. Juntas, elas são capazes de fornecer conteúdo que agrega valor, colocando essa estratégia em prática de maneira que não seja excessivamente promocional.

Outro exemplo foi a campanha publicitária #NetflixOnboard, que beneficiou de maneira mútua a Netflix e a companhia aérea americana Virgin America. Essa primeira é conhecida por sua conexão com as gerações mais novas e a parceria com a Netflix ressaltou sua reputação divertida e moderna – eles até estamparam anúncios das séries mais populares da Netflix nos aviões:

A colaboração aqui entre a Virgin America e a Netflix mostra o compromisso de cada marca com a inovação. Enquanto a segunda companhia geralmente cobra mensalidades, oferecer de maneira gratuita conteúdo da Netflix em voos selecionados oferece exposição incontestável da marca e boa vontade do cliente.

A Netflix também cria várias versões de um trailer, cada um adaptado para um público específico. Essa estratégia foi utilizada na divulgação do lançamento da quinta temporada de Orange is the new Black. No Brasil a cantora Valesca Popozuda, a celebridade da internet Inês Brasil e a socialite Narcisa Tamborindeguy foram reunidas no mesmo filme para promover a série.

O resultado? Mais de 1,6 milhão de visualizações no YouTube em apenas três horas.

O mesmo aconteceu com Stranger Things, onde a personagem principal do filme de promoção da série, que se passa nos anos 80, foi a apresentadora Xuxa.

O sucesso foi tão grande que o conteúdo foi até premiado em Cannes.

Como a equipe de marketing de conteúdo da Netflix tem um conhecimento íntimo de seus usuários, é possível dizer, com um certo grau de certeza, que o conteúdo vai agradar. Com base na idade, gênero do usuário e as preferências de visualização, a empresa cria com sucesso uma promoção personalizada e a oferece a vários segmentos de sua audiência.

Toda esse diálogo e integração com outras empresas e personalidades é uma característica que está no DNA da companhia, que utiliza o co-marketing como uma excelente forma de engajar e entreter o consumidor, fomentando uma relação de proximidade.  

No seu dia a dia, como você poderia contar com o co-marketing com outras agências e empresas? A Netflix já provou que dá certo… Faça o mesmo!  Se precisar, podemos te ajudar, entre em contato com a gente!

Deixe um comentário

1 Comentário em "Netflix e os 4 segredos de um marketing de conteúdo de sucesso!"

avatar

Sort by:   newest | oldest | most voted
Carol
Visitante
Carol
3 meses 26 dias atrás

Parabéns pelo Post. Muito útil.

wpDiscuz